Topo
Blog do Bolívia

Blog do Bolívia

Categorias

Histórico

Por que o VAR está cada vez mais lento?

Bolívia

21/07/2019 19h32

Tecnicamente, não foi um bom jogo em Itaquera. Muita disputa, muito falatório com o juiz e raríssimas chances de gol.

Na primeira metade do 1° tempo, o Flamengo dificultou a saída do Corinthians. Jogou no campo do adversário, mas também não conseguia penetrar. Gerson e Vitinho pelas pontas, Gabriel pelo meio. Diego, que perdeu o pênalti e bateu boca com torcedores no aeroporto, entrou pilhado e logo arriscou de longe. Cássio rebateu pro lado. Mais tarde, o camisa 10 levaria amarelo por fazer uma falta depois de tomar caneta. E o goleiro rebateria pra frente uma cabeçada do Arão que acabou virando o gol de empate no rebote, bem no finalzinho do jogo.

O Corinthians equilibrou a posse ainda no 1° tempo e tentou pressionar, mas também não conseguia. Pedrinho bateu de fora, depois de cabeça. Diego Alves defendeu as duas. Era na base da bola parada, mas só tinha baixinho na área. Pedrinho, Clayson, Love, Sornoza.

No começo do 2° tempo saiu um contra-ataque. De Fagner para Vagner Love, que ia bater quando levou um toquinho do Berrío na corrida, suficiente para derrubar o atacante. Pênalti que o VAR demorou mais de 4 minutos para confirmar e Clayson converteu.

Depois disso, não teve mais nenhum chute ao gol. Só a tal cabeçada do Arão que o Cássio rebateu para Gabigol chegar empurrando. Bandeira levantou. Mais 7 minutos até o juiz ver que estava em posição legal.

Parece que, a cada rodada, o que era para ter melhorado só piora. A demora do VAR está acabando com o ritmo dos jogos. O que está acontecendo? Coisa chata. Já passou da hora de agilizar o processo. O lance foi difícil, mas nada justifica todo esse tempo de jogo parado.

Mas o gol foi legal e o Flamengo arrancou um pontinho que acalma um pouco os ânimos após a eliminação na Copa do Brasil e o jogo que tem pela frente nas oitavas da Libertadores. Se tivesse perdido, o clima estaria mais pesado ainda.

Já o Corinthians deveria lamentar os dois pontos perdidos que estavam praticamente ganhos. Mas Carille insiste em falar que sai muito satisfeito. Se continuar celebrando os gols e pontos perdidos em vez de corrigí-los, vai acabar o campeonato satisfeito com o meio de tabela.

Sobre o Autor

Jornalista de formação, amante do futebol por paixão e corneteiro por vocação. Apresentador do canal Desimpedidos. Comanda o Bolívia Talk Show.

Sobre o Blog

As opiniões do personagem não refletem necessariamente a opinião do homem por trás da máscara. Mas quase sempre sim.

Mais Blog do Bolívia